O Deus da roda-gigante: oscilações

Calma, prometo que não vou vender ingressos nem anunciar o novo palhaço do circo. Prometo não cobrar a entrada e muito menos os sorrisos lançados no palco. Mas, é preciso alterar comportamentos se queremos nos mover como Filhos em territórios desconhecidos. Volta e meia surge um muro entre nossas decisões, não é mesmo? Às vezes, … Continue lendo O Deus da roda-gigante: oscilações